Qual a diferença entre torque e potência?

É muito comum encontrarmos os termos torque e potência quando analisamos a ficha técnica de algum veículo. No entanto, você já parou para pensar o que esses dois aspectos significam realmente para o funcionamento do motor de seu carro?

É exatamente sobre eles que vamos tratar nos próximos parágrafos. Acompanhe e tire todas as suas dúvidas a respeito desse assunto. Boa leitura!

O que é torque?

O torque é o encarregado pela capacidade que o motor tem para produzir a chamada força motriz. Ou seja, o conhecido movimento giratório. Para entendermos melhor o que é e como funciona o torque, imagine que você terá que utilizar uma chave para apertar as porcas das rodas de seu carro. Para fazer com que essa chave gire, é necessário que você aplique uma determinada quantidade de força sobre a ferramenta. Ao fazer esse movimento para apertar as porcas, você criará um torque sobre elas.

Mas a história não acaba aí. Quando a porca não apresenta resistência ao movimento torcional impulsionado pela chave, teremos um resultado nulo. Por outro lado, quanto mais resistência a porca apresentar, mais torque será preciso para fazê-la girar.

Como o torque é medido

A medição do torque é feita em libra-pé ou libra polegada. No entanto, ele também pode ser medido usando-se o Newton-metro que, por sua vez, é o padrão adotado pelo Sistema Internacional de Unidades SI.

No Brasil, a forma mais comum de medição é o kgfm (quilograma força metro) que, basicamente, junta uma unidade de comprimento (o metro) a uma unidade de força (quilograma força).

Resumindo tudo isso, podemos dizer que é a força gerada pelo torque a responsável por fazer com que o veículo comece a andar. Ou seja, saia da inércia inicial, assim como no exemplo da chave de rodas que abordamos anteriormente.

O que é potência?

A energia útil gerada por unidade de tempo é o que definimos como potência do motor. Ou seja, é o esforço ou trabalho final que é realizado pelo propulsor. No nosso caso, transformando em torque e movimento, que será, então, distribuído para as rodas do veículo.

A potência do motor é medida em cavalos-vapor (CV) que, por sua vez, trata-se de uma quantificação de força. Para ilustrar esse caso, imagine que tenhamos que levantar um peso de 50 kg do chão a uma altura de 1 metro em exatos 1 segundo. Ao fazermos isso, estaríamos gerando 1 CV de potência.

Torque e potência: qual é melhor?

A resposta para essa questão é: depende. Se você mora em uma grande cidade, por exemplo, onde o trânsito é intenso, precisará de um veículo com mais torque. Por que isso? Simples. Geralmente, você terá que andar um pouco (principalmente nos congestionamentos) e parar novamente, e, para andar mais uma vez, precisará de rapidez para arrancar.

O que queremos dizer com isso é que você vai precisar de mais força para fazer com que seu veículo saia da inércia da maneira mais rápida possível. E a força necessária de que o carro vai precisar para fazer isso é o torque!

Agora, se a sua necessidade for um veículo que consiga atingir altas velocidades, o foco terá que ser em uma maior quantidade de cavalos (potência).

Por fim, podemos dizer que o torque representa a capacidade do veículo de arrancar, enquanto a potência é a responsável por fazer com que o veículo consiga atingir velocidades maiores e, como apontamos, é representada em cavalos (CV).

Então, compreendeu os conceitos sobre torque e potência e como cada um deles influencia em seu dia a dia? Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Siga-nos no Facebook e acompanhe nossas atualizações! Não perca!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This