como funciona o airbag

Você sabe como funciona o airbag? Entenda mais sobre o mecanismo!

A indústria automobilística sempre contou com boas iniciativas na proteção dos ocupantes: controles eletrônicos de estabilidade, ganchos ISOFIX, freios ABS e muito mais! Entretanto, preparamos este post para destacar a mais famosa dessas soluções, esclarecendo de uma vez por todas como funciona o airbag de carros!

Desde 2014, essas bolsas infláveis se tornaram obrigatórias nos veículos fabricados no Brasil. Sendo assim, boa parte da malha automotiva nacional já conta com tal item, fundamental na sobrevivência das vítimas de uma colisão. Agora, acompanhe este artigo para saber mais sobre o tema!

Qual a importância desse dispositivo?

Em uma situação de risco, todo auxílio é bem-vindo! E é por isso que o airbag tem um papel tão crucial na segurança dos ocupantes. Ele não deve operar a todo momento, como um assistente de distribuição de frenagem. Na realidade, ele é funcional apenas no instante em que você mais precisa, como em uma batida.

Esse item de segurança consiste no posicionamento de bolsas em pontos estratégicos da cabine, como no interior do volante, sob as colunas das portas, na parte superior do porta-luvas, entre outros. Quando um impacto é detectado, elas inflam, impedindo que os passageiros se choquem de maneira violenta contra os demais ocupantes e componentes.

Como funciona o airbag?

Para entender seu funcionamento, é importante conhecer as principais peças que integram esse sistema. Os airbags contam com três componentes distintos: o módulo de abertura, o sensor de colisão e a unidade de diagnóstico.

Essas três partes operam em conjunto para determinar o momento adequado para a ativação das bolsas. Agora, confira o funcionamento desse item em três estágios!

Leitura e acionamento

A um primeiro momento, o veículo lê a situação para interpretar se a desaceleração brusca é compatível com uma colisão. Afinal de contas, o sistema não pode apresentar hipersensibilidade, ativando durante a travessia de um buraco ou uma batida leve.

Para tanto, os sensores de colisão priorizam as quedas bruscas de velocidade, impossíveis de serem efetuadas pela mera operação dos freios. Caso a desaceleração seja interpretada como uma batida, passamos ao próximo estágio.

Reação química

Esse é um processo fundamental, pois apenas assim que se pode inflar uma bolsa na velocidade necessária para a proteção do ocupante. Nesse estágio, um ignitor emite uma faísca elétrica, que alimenta a combustão de nitratos de amônia e guanidina. Como resultado da explosão, a bolsa se expande com nitrogênio em apenas 30 milésimos de segundo.

Esvaziamento

Por fim, esse é o estágio mais importante no controle de danos. Afinal de contas, a pessoa nem ao menos chega a encostar no airbag durante sua expansão, já que isso ocorre em uma fração de segundos. Quando o ocupante se choca com a bolsa, ela já estará se esvaziando, por meio das perfurações nas superfícies laterais ou inferiores.

Qual o período de validade do airbag de carro?

Aqui, temos a oportunidade de responder uma curiosidade comum aos proprietários de veículos equipados com esse sistema. O airbag não exige revisão periódica nem manutenção preventiva! Quanto ao seu prazo de validade, a grande maioria dos carros contemplam 10 anos de funcionamento, mas vale a pena conferir essa informação no manual da montadora.

Por fim, também é importante estar atento às notificações luminosas no painel. Nesse cenário, aparecendo o ícone referente ao airbag, leve o seu veículo a uma oficina, imediatamente! Caso os sensores de colisão estejam defeituosos, eles poderão interpretar uma colisão na hora errada e, assim, prejudicar seriamente com um acionamento equivocado.

Gostou deste conteúdo esclarecendo como funciona o airbag? Então aproveite para receber mais atualizações como essa em sua timeline. Para isso, siga a nossa página oficial no Facebook!​

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This