Carros

Como funciona a franquia do seguro auto? Entenda todos os detalhes!

Escrito por Fabricio Valente

É chamado de franquia o pagamento de um valor para efetuar o reparo do veículo, em caso de sinistro, quando não há indenização integral.

Compreender isso não é nada complicado. Vamos supor que você bateu o carro, e o valor do reparo ficou em R$ 5.000. Se o valor da franquia do seguro do automóvel for de R$ 1.500, esse é o valor a ser pago pelo segurado, e a seguradora arcará com os R$ 3.500 restantes.

Confira mais detalhes acompanhando o post.

Por que existe a franquia do seguro automotivo?

Trata-se de um meio que as seguradoras utilizam para coibir a direção irresponsável do condutor, que, sabendo que o seguro não cobrirá tudo, não assumirá riscos desnecessários.

Dessa forma, a apólice de seguro também fica protegida, evitando que o titular acione o seguro para que reparos mínimos sejam realizados.

Trata-se de um valor alto a ser pago?

Apesar de ser algo significativo, trata-se de um valor quase insignificante, se comparado com o valor do automóvel.

Para os casos de perda total, danos a veículos de terceiros e necessidade de serviços de guincho, a franquia do seguro automotivo não é cobrada.

Quais tipos de franquia existem atualmente?

Normalmente, ao realizar a cotação, as seguradoras oferecem quatro tipos de franquia de seguro auto: isenta, reduzida, ampliada ou básica.

Franquia isenta

Quando é feita a opção por esse tipo de modalidade, a cobrança ao usuário não é realizada.

Vale lembrar que não são todas as seguradoras que oferecem a franquia isenta e, quando disponibilizam, normalmente há um limite de utilizações.

Em comparação com o valor da franquia reduzida, o valor dessa modalidade costuma ser mais alto.

Franquia reduzida

Normalmente, esse tipo de franquia é oferecido pela metade do valor da modalidade básica ou normal.

Trata-se de algo indicado para quem pode pagar um valor um pouco mais alto porque não deseja ter que arcar com nenhum custo ao solicitar o conserto do seu carro, mas não se importa em desembolsar pequenos valores para reparos menores.

Franquia ampliada ou majorada

Costumeiramente, essa franquia tem o dobro do valor da modalidade básica ou normal. As pessoas que têm mais temor pela perda total do que parcial, normalmente, escolhem esse tipo. Nela, o valor do seguro é mais barato do que o cobrado na modalidade básica.

Franquia básica ou obrigatória

É o tipo mais comum de franquia. O valor varia de seguradora para seguradora.

É necessário ressaltar que, quanto menor o valor da franquia, maior é o preço do seguro. Dependendo da apólice, existem descontos na franquia em determinados tipos de situação, quando, por exemplo, o reparo é feito em uma oficina credenciada da seguradora.

Esse tipo de concessão pode ser dada também em caso de necessidade de outros tipos de serviço, como higienização completa em veículo que teve dano por inundação ou outros tipos.

Ao escolher a apólice que melhor se enquadra no seu perfil, não se atenha apenas aos valores iniciais. Verifique a questão da franquia do seguro do automóvel, entre outras particularidades de cada contrato.

Deseja continuar recebendo dicas como estas? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook!

Sobre o autor

Fabricio Valente

Publicitário, Empreendedor, Corretor de Seguros e Sócio Proprietário da Valente Seguros. Atua no mercado de seguros há mais de 20 anos prestando consultoria em seguros para pessoas físicas e jurídicas.

2 comentários

  • Gostei do artigo, franquia é um tema que gera muito assunto, os clientes em geral, demoram um pouco a entender do que realmente se trata a franquia!! textos como esse , ajudam a esclarecer um tópico muitas vezes, “confuso” (por falta de palavra melhor!!) obrigado por trazer luz a esse tema!! grande abraço!!
    Horácio

Deixar comentário.

Share This