Por que os seguros para motorista de aplicativo são mais caros?

Não é segredo para ninguém que o número de motorista de aplicativo vem crescendo cada vez mais ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, existem hoje cerca de 1,1 milhão de motoristas de aplicativos no país.

Como esses motoristas têm o automóvel como uma ferramenta de trabalho e estão expostos a diversos riscos no trânsito, é essencial que eles contem com um seguro para garantir a segurança no dia a dia, tanto para o motorista quanto para os passageiros. O problema é que, justamente por esses motivos, as apólices têm algumas especificidades e acabam sendo mais caras.

Para que você saiba por que isso acontece, preparamos este post com as principais informações sobre o seguro para motorista de aplicativo. Leia até o fim para conferir!

Quais são os fatores que influenciam no valor dos seguros?

Ao usar o automóvel para trabalhar com transporte de passageiros, o motorista envolve terceiros e ainda tem maiores chances de sofrer um acidente ou um problema mecânico, por exemplo. Portanto, a exposição maior ao risco é um dos principais fatores levados em consideração pelas seguradoras no momento da contratação do seguro, o que contribui para a elevação do preço.

Outros aspectos que influenciam no valor do seguro é a alta expressiva da demanda, já que motoristas de aplicativo são solicitados a todo instante por novos passageiros, assim como pelo fato de esses condutores circularem por diversas regiões – das mais seguras às mais perigosas.

Como escolher um bom seguro sendo motorista de aplicativo?

Agora que você já sabe por que o seguro para motorista de aplicativo acaba pesando mais no bolso, é hora de escolher o seguro ideal para você. Para isso, algumas dicas são essenciais.

A primeira orientação é deixar claro que o veículo será usado para fins comerciais, o que significa que ele rodará bem mais do que um carro de passeio e vai precisar de uma análise diferente pela seguradora.

Informar esse fato é obrigatório. Se a seguradora não souber disso, ela poderá se recursar a pagar a indenização em caso de danos decorrentes de sinistros, como roubos, furtos ou colisões, por exemplo.

Outra dica importante é no caso de um condutor que já possui um seguro vigente e vai se tornar motorista de aplicativo. Nessa situação, o primeiro passo é procurar o seu corretor para que ele analise se a sua seguradora atual aceita o enquadramento como motorista de passageiros. Caso ela não tenha esse tipo de aceitação, seu corretor vai te orientar a cancelar o seguro e oferecer uma outra alternativa que aceite esse enquadramento. Agora, se sua seguradora aceitar, basta realizar um endosso no contrato.

Confira outras dicas na hora de contratar um bom seguro para motorista de aplicativo:

  • procure um corretor de confiança que tenha experiência nesse tipo de seguro;
  • escolha uma cobertura que realmente atenda às suas necessidades;
  • informe seus dados corretamente;
  • escolha uma seguradora regulamentada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep);
  • fuja de empresas de proteção veicular e associações. Elas não emitem apólice de seguro e não são regulamentadas pela Susep. Com isso, o risco de você ter que esperar meses, e até mesmo não receber a sua indenização é muito grande.

Depois de conferir as dicas desse post, você entendeu a importância da proteção para motorista de aplicativo e está pronto para contratar um seguro e garantir a sua segurança no dia a dia. Quer mais uma dica? Aí vai: a Valente Seguros tem planos especiais para condutores de aplicativo e pode oferecer serviços especiais para você!

Se você gostou deste conteúdo, assine a nossa newsletter e comece a receber em seu e-mail todas as novidades de nosso blog!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This