Carros

Multas de trânsito podem ser parceladas no cartão: entenda mais!

Escrito por Fabricio Valente

Atualmente, existe a tendência entre as empresas e instituições diversas de facilitar a vida das pessoas que precisam honrar seus compromissos, em vista da falta de tempo que todos enfrentam por conta do emprego e rotinas familiares.

Tal tendência já chegou ao contexto dos pagamentos de multas de trânsito, contrariando a ideia de que os órgãos fiscalizadores, públicos ou jurídicos sempre apresentam uma estrutura engessada e burocrática.

A novidade é que já é permitido pagar seus boletos provenientes de infrações cometidas com seu veículo por meio do cartão de crédito e ainda parcelar valores.

O ideal é que você nunca seja multado, é claro. Mas, caso aconteça, é preciso entender de que forma ficar em dia com as dívidas financeiras envolvendo infrações de trânsito, de um jeito menos burocrático.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe o post na íntegra!

Embasamento legal

A Resolução nº 697, que permite que os pagamentos de multas de trânsito sejam pagas com cartão, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU)  no dia 18 de outubro de 2017.

Após a permissão publicada, cabe ao Detran regulamentar a situação em cada Unidade Federativa em que atua, para que essa facilitação aos motoristas seja implantada nos locais em que esse tipo de recurso ainda não existe.

Antigamente, essa facilidade só era permitida aos veículos registrados no exterior.

Antes da Resolução, o proprietário do veículo que fosse multado tinha apenas a opção de levar o documento de arrecadação que ele recebia em sua casa até algum correspondente bancário, ou pagar pelos meios digitais, sempre o valor integral do débito.

Público alvo dos pagamentos das multas de trânsito por meio dos cartões

Não se trata de uma simples comodidade para evitar que o motorista infrator precise portar dinheiro em espécie, até porque ficaria inviável para a maioria das pessoas ter que ir ao Detran somente para pagar suas multas no crédito ou no débito.

A ideia da Resolução nº 697 é reduzir a inadimplência entre os proprietários de veículos que possuem débitos junto aos órgãos de trânsito, principalmente aqueles que desejam regularizar a situação de um veículo que possui multas acumuladas.

Como normalmente esse tipo de problema é um tanto quanto oneroso, o Contran, que é o autor da Resolução, acredita que, podendo parcelar suas dívidas utilizando o cartão de crédito, o proprietário estará mais motivado a ter suas dívidas extintas.

Formas de pagar as multas com o parcelamento por meio do cartão

Ainda é difícil afirmar de que forma esse recolhimento dos pagamentos por meio dos cartões de crédito está sendo realizado, tendo em vista que os Detrans de cada Estado possuem autonomia para deliberar a respeito dessa prática.

Assim, caso seja de seu interesse realizar seus pagamentos de multas de trânsito fazendo a opção pelo parcelamento no cartão de crédito, o ideal é que você busque informações no site do Detran que atenda ao seu Estado.

Você ainda tem dúvidas a respeito do assunto? Então, não deixe de participar da conversa utilizando os comentários aqui embaixo. Até a próxima!

Sobre o autor

Fabricio Valente

Publicitário, Empreendedor, Corretor de Seguros e Sócio Proprietário da Valente Seguros. Atua no mercado de seguros há mais de 20 anos prestando consultoria em seguros para pessoas físicas e jurídicas.

Deixar comentário.

Share This