Carros

Saiba como escolher rodas e pneus para o seu carro!

Escrito por Fabricio Valente

Quando o assunto é carro, as rodas e pneus ganham destaque. Os protagonistas das acelerações e frenagens entram no time das peças de importância, afinal a segurança depende deles. É sempre bom lembrar que o carro funciona como um sistema integrado e o tipo de roda e de pneu utilizados interferem no desempenho.

Pode ser que você precise substituir os pneus em razão do desgaste ou realizar a troca quando um deles fura. Já as rodas dão um charme extra e não é raro que elas sejam substituídas para agregar beleza ou alterar alguma característica. São muitos os motivos para se inteirar desse assunto, por isso separamos para você algumas informações.

Rodas e pneus: entenda as alterações

Ao mudar as rodas e pneus podem ocorrer alterações no velocímetro e no hodômetro, principalmente quando as dimensões são aumentadas, como no caso das personalizações. Muitas vezes, esses instrumentos deixam de marcar a quilometragem e a velocidade real.

O desempenho e a dirigibilidade se modificam. Em alguns casos a aceleração inicial é reduzida e a velocidade final aumentada. O acréscimo no diâmetro do conjunto roda e pneu poderá ser sentida no volante, pois a altura e estabilidade sofrem alterações. Com o aumento, a direção esportiva é garantida, mas isso não significa que você poderá acelerar mais.

Rodas e pneus com raio menor costumam “sinalizar” quando o carro está desviando da trajetória. Com conjunto esportivo pode ser que isso não aconteça. Assim, o motorista terá menos tempo de resposta para retomar o controle do carro, principalmente quando a pista estiver molhada.

Cuidado com as aquaplanagens e com os buracos. Quanto menor for o perfil do pneu, menor será a absorção dos impactos. Pense também no conforto.

O aumento das rodas demanda mais força do motor para mover o carro, principalmente em função da relação de atrito entre o pneu e o chão. Com a queda de rendimento nas arrancadas é provável que o motorista pese o pé no acelerador aumentando o consumo. Por esse motivo, é comum a utilização de rodas avantajadas em carros com motores de maior potência.

Letras e números: aprenda a ler os pneus

Antes de escolher os melhores pneus é preciso desvendar os números e letras impressos na lateral. Mesmo sem saber bem o que significam, é possível que você já tenha se deparado com elas ao calibrar os pneus. Os responsáveis pelo contato do carro com o solo são cheios de informações indispensáveis, principalmente na hora da substituição.

Imagine um pneu com a inscrição “P 165/70/R14 86 V”. Nesse caso, o “P” significa passageiros, ou seja, um pneu utilizado em carros pequenos. O 165 se refere ao tamanho da banda de rodagem (parte que fica em contato com o solo). Já o 70 representa a relação entre a banda de rodagem e a faixa lateral, o que costuma ser chamado de perfil.

A letra R sinaliza que o pneu foi construído de maneira radial (a maioria dos pneus são radiais). O número 14 especifica o diâmetro da roda e o 86 o índice de carga (que nesse caso é 530 Kg). A letra V indica a velocidade máxima a qual o pneu pode ser submetido.

Pneus e rodas: atenção na hora de trocar 

Lembre-se de consultar o manual e um especialista antes de trocar as rodas e pneus. Existem muitos modelos e a escolha deve ser feita com cautela. Pondere quais sãos as suas expectativas, o seu perfil, as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Considere a relação custo-benefício, pois o material, o aro e a estética determinarão o valor. Examine o peso do conjunto e a compatibilidade da furação da roda com o seu carro.

Além disso, saiba que existem regras para a personalização. Vale a pena conferir a legislação e verificar o que é possível. O mesmo vale para o seguro. Converse com o seu corretor e verifique o que é aceito na hora de proteger o seu carro. Algumas seguradoras como a Porto Seguro, Azul Seguros e Itaú Seguros não aceitam carros cujas rodas sejam 2 polegadas maiores que as originais. Então, fique atento!

Prontinho! Agora você já sabe o que precisa para trocar pneus e rodas. Pesquise para realizar um bom investimento e confira também nosso artigo sobre como economizar gasolina ao dirigir.

Sobre o autor

Fabricio Valente

Publicitário, Empreendedor, Corretor de Seguros e Sócio Proprietário da Valente Seguros. Atua no mercado de seguros há mais de 20 anos prestando consultoria em seguros para pessoas físicas e jurídicas.

Deixar comentário.

Share This