Carro automático “pega no tranco”? Descubra tudo aqui!

Nenhum motorista deseja enfrentar problemas mecânicos na hora de pegar a estrada, mas cedo ou tarde um imprevisto pode acontecer. E uma das situações mais comuns é virar a chave do veículo e ele não funcionar.

Nesse caso, muitos condutores preferem “dar um tranco” no carro do que procurar uma oficina, pedindo ajuda até mesmo de outras pessoas que estão passando pela rua. Mas será que o carro automático “pega no tranco”? Continue a leitura para descobrir!

O que significa a expressão “pegar no tranco”?

Quando você gira a chave do carro e nada acontece, é sinal de que há algum problema mecânico e o veículo precisa passar por um reparo. Porém, quando o motorista resolve fazer o automóvel “pegar no tranco”, basicamente ele estará forçando-o para funcionar

A forma mais comum de “dar tranco” no veículo é engatar a segunda e tirar o pé rapidamente da embreagem. Enquanto isso, outras pessoas devem empurrar para tentar gerar um impulso. O problema é que isso pode ser bastante perigoso, pois diversos equipamentos podem ser danificados, como a correia dentada, a injeção de combustível ou até mesmo o motor.

Afinal, os carros automáticos “pegam no tranco” ou não?

Esta é uma dúvida bastante comum, e a resposta é simples: carro automático não pega no tranco. Se em veículos com câmbio manual a combinação de segunda marcha engatada, pé na embreagem e impulso forçam-no a funcionar, o mesmo não acontece nos automáticos.

O motivo para isso é a existência do conversor de torque no automóvel com câmbio automático. Essa peça está localizada entre a caixa de marchas e o motor e funciona como se fosse a embreagem dos modelos manuais.

O conversor de torque só funciona com o motor ligado, ou seja, “dar o tranco” no carro não vai adiantar nada, sendo impossível acionar o motor dessa forma.

O que fazer quando o carro automático não funcionar?

Se o carro automático não “pega no tranco”, o que fazer caso o veículo não funcione? Existem diversos motivos para que essa falha aconteça, mas, na maioria dos casos, o problema está em um dos três elementos responsáveis pela combustão: ar, combustível ou centelha.

O melhor caminho a seguir é procurar uma oficina e um mecânico de confiança. Mas entender os motivos para o problema é o primeiro passo. Confira:

  • se o filtro de ar ou o escapamento estiverem entupidos, o ar não vai chegar no motor e a combustão não vai ocorrer. Por isso, verifique as condições desses equipamentos;
  • é preciso também observar se a bomba de combustível está trabalhando corretamente — caso a pressão esteja baixa, o motor não vai pegar;
  • veja se há combustível no tanque e se a bóia medidora está emperrada;
  • outro motivo para o carro não funcionar é a bateria descarregada — se esta for a razão do problema, a bateria deve ser recarregada ou substituída.

Agora que respondemos ao questionamento se o carro automático “pega no tranco” ou não, lembre-se de nunca forçar o seu veículo caso ele não funcione, uma vez que isso não vai adiantar em nada. E para garantir a sua tranquilidade no trânsito, aproveite para contratar um seguro automotivo, que representa uma excelente proteção para cobrir despesas imediatas caso um evento adverso aconteça.

Quer conferir outros conteúdos sobre o universo automotivo e tirar suas outras dúvidas relacionadas aos veículos? Então siga as nossas redes sociais — estamos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn e no Instagram!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This